You are currently viewing Seminario Rumos Abertos 2015

Seminario Rumos Abertos 2015

Dias 18 e 19 de Julho

POR QUE, ESCOLA?

O Instituto Pandavas pretende manter viva a discussão da escola como um espaço de aprendizagem privilegiado, desde que não a encerremos em compartimentos fechados, seguindo uma lógica que não faz mais sentido.

Boas práticas são sempre bem vindas e permitem enriquecer nosso repertório, que pode ser utilizado em qualquer espaço, desde que façamos uso do bom senso e do diálogo permanente entre educadores e estudantes, porque é nessa relação que a aprendizagem acontece. Rumos Abertos convida você para, mais uma vez, aventurar-se conosco!

Responsável: João Batista Freire
Ao jogar vivemos em estado de graça. Quando jogamos fazemos isso desinteressadamente, nada queremos em troca, não assumimos compromissos com nada ou ninguém fora de nós. Fazemos “de graça”, gratuitamente. Esse é um estado de graça. Jogar, no sentido mais puro do conceito, é apenas viver e mais nada. Existe o outro lado, o lado do trabalho, da manutenção da vida, igualmente importante. Mas o que nos interessa nesse momento é a questão da graça, que existe mais naqueles que nem sabem que estão jogando.

Responsável: Katia Brakling
Por meio de exemplos efetivos gravados em sala de aula, esta oficina pretende oferecer algumas referências de modalidades didáticas de leitura que podem ser utilizadas em aula, especificando suas finalidades, modos de organização e conteúdo com que trabalham. Além disso, pretende oferecer ao professor, referências a respeito de como organizar uma rotina que possibilite uma leitura de melhor qualidade e a formação de um leitor cada vez mais proficiente.

Responsável: Equipe de Educadores Pandavas
Na busca de mais sentido para o estudo dos conteúdos escolares, a interdisciplinaridade apresenta a possibilidade de uma observação do mundo em sua complexidade, permitindo a formação de uma visão crítica da realidade e a possibilidade de atuar sobre ela, sem deixar de apreciar sua beleza.

Em tempos onde os jovens têm acesso a todo tipo de informação, a escola como a conhecemos, ainda faz sentido? Que caminhos podem ser apontados para que a aprendizagem ocorra sem que as crianças fiquem entediadas e realmente se sintam atores na busca do conhecimento? Muitas perguntas, poucas respostas, muitas hipóteses…Teremos coragem para mudar?

Mediadora: Neide Nogueira

Participantes: Yvan Dourado – Escola Politeia – São Paulo
Osvaldo de Souza – Rede Pública Estadual – São Paulo
Madalena Godoy – Projeto Aprendiz – São Paulo
Alexandre Cavalcanti – Vila Escola Projeto de Gente – Cumuruxatiba
Carla Ferro – Educação Não Escolar
Mara Novello Gerbelli – Instituto Pandavas

 

PROGRAMA

18 de julho – sábado

8:30 às 9:00- Credenciamento- Café de Boas vindas

9:30 às 12:30 – A Graça do Jogo

12:30 às 13:30 – Almoço

13:30 às 14:00 – Atividade Física – despertar

14:00 às 17:00 – Modalidades de Leitura

À noite – Atividade Musical – com Flávia Maia, Charles Raszl e Mairah, do Grupo Barbatuques

19 de julho – domingo

8:00 às 8:15 – recepção – atividade em grupo

8:15 às 11:15 – Projetos Interdisciplinares (2)

11:15 às 12:15 – almoço

12:15 às 13:15 – Conversa com Fátima Freire Dowbor

13:15 ás 15:00 – Roda de conversa – Novas Alternativas para a Educação

15:30 às 16:30 – Avaliação, Fechamento e entrega de certificados

 

Informações e inscrições:

INSCREVA-SE CLICANDO AQUI

Local do Evento: Instituto Pandavas – Bairro do Souza – Monteiro Lobato – SP

Público Alvo: Educadores e interessados

No Instituto Pandavasfone (12) 3979-4157 das 8:00 às 17:00 pandavas@institutopandavas.org.br

Investimento: R$ 380,00 (com direito a pensão completa a alojamento na Escola, reserva no ato da matrícula)

Preços especiais para Grupos. Outras formas de pagamento – a combinar

Opção de alojamento –Hotel Fazenda Aldeias do Paraíso (12) 3979-4167 e Pousada Aconchego do Caboclo (12) 3979-4212 – (reservas antecipadas – pagamento à parte).

Deixe um comentário