Seminário Pedagógico Rumos Abertos 2018

Lamentamos informar que, em virtude de falecimento, este Seminário foi adiado para janeiro de 2019!
Agradecemos a Compreensão!

A grande procura da nossa escola por estudantes de Pedagogia, mestrandos e doutorandos para realizar suas pesquisas, além de professores e pais curiosos para conhecer uma escola “diferente”, nos motivou a realizar nosso 29º Seminário Pedagógico mostrando um pouco da nossa realidade abordando temas variados

Confira abaixo :

1 –COMO TRATAR O TEMA DA CORRUPÇÃO NA ESCOLA?

Uma Abordagem Possível

Qual a relação entre ética e corrupção? Pequenas corrupções, dependendo das circunstâncias, são permitidas? É possível uma sociedade livrar-se deste mal? Estes temas devem ser abordados dentro do ambiente escolar? De que forma? Neste encontro apresentaremos uma das possibilidades realizadas em nosso contexto escolar.

  Mara NovelloGerbelli e Nilton Almeida Silva    

 Tema 2 – Roda de Conversa – A ESCOLA PANDAVAS PELA VISÃO DE SEUS ESTUDANTES 

O que caracteriza uma escola inovadora? Como funciona na prática? Qual o papel do educador? De que ferramentas ele se vale para efetivar o seu trabalho? Como se organiza o dia-a-dia? Como ficam os alunos que saem daqui? Conseguem se adaptar? Essas são algumas das muitas questões que nos fazem os educadores que nos visitam. Agora todos terão a oportunidade de obter estas respostas, diretamente daqueles que vivem essa realidade: os educandos.

Alun@s e ex-alun@s

Tema 3 – A PONTUAÇÃO COMO RECURSO COESIVO

A gramática da legibilidade  

As práticas sociais de leitura mudaram muito desde o final da Idade Média, onde os livros eram copiados à mão e a única leitura que se conhecia era feita em voz alta. Nesse tempo, era o leitor quem fazia marcas no texto para guiar a sua leitura: ele estudava esse texto exaustivamente pois precisava estabelecer o sentido para poder recitá-lo, como um ator. Essa abordagem trata a pontuação como recurso gráfico cuja função é auxiliar a leitura em voz alta.

Talvez por isso, ainda hoje as cartilhas e os livros didáticos costumam apresentar a pontuação como um conjunto de sinais: o ponto (para descansar), a vírgula (para dar uma respiradinha), exclamação e interrogação (para indicar a entonação) etc.

Nesta oficina vamos tratar da pontuação dentro de uma abordagem de “gramática da legibilidade”. O que vem a ser isso? Venha descobrir conosco!

Helena Weisz

 

Tema 4 – O BRINCAR, SUAS INTERAÇÕES E O ADULTO BRINCANTE

 

Sob o contexto do brincar junto, na perspectiva do formar-se com o outro como brincante e promotor do direito de brincar, a brincadeira revela-se como uma situação por excelência ativadora de múltiplas expressões da linguagem. Conviver, participar, explorar, expressar! Um convite ao brincar em situações dos mais diversos campos de experiência tendo como eixo central o brincar e suas interações.

Aline Silva Alves

Tema 5 – APRENDIZAGEM SINTRÓPICA

 Uma Abordagem Orgânica da Educação

Porque em um mundo que funciona em rede, nossa educação continua trabalhando de forma compartimentada? Nesta oficina abordaremos a importância das disciplinas e temas serem construídos de  forma orgânica, contemplando a sensibilidade do olhar e dos demais sentidos para uma percepção mais completa, prazerosa e humana; o  papel da observação e do registro na construção do conhecimento científico.

Diana Novello Gerbelli – Edevaldo de Oliveira – Primo Alex Gerbelli

Tema 6 –  O QUE MUDA COM A BNCC ?

 

A chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC) tem gerado muitas dúvidas desde que começou a ser discutida, em 2013. Agora aprovada e com a obrigatoriedade de sua implantação em 2019, nos perguntamos:  O que muda no dia a dia das escolas? Ela estabelece os conhecimentos e habilidades que deverão fazer parte dos currículos de todas as escolas, da Educação Infantil ao Ensino Médio. O que exatamente isso significa? Essas são questões que estão mobilizando os profissionais hoje. Abrimos este espaço para provocar reflexões sobre a escola que se deseja e pensar nas tais competências, sob o olhar das Ciências Humanas.

Suelin Furlan com mediação de Neide Mariza Nogueira

Informações e inscrições:

comunicapandavas@gmail.com

https://www.facebook.com/events/2172462396316381/

Tel.  (12) 3979-4157 – das 13h às 17h – Segunda a sexta

Whats. (12) 9.9682-3873 – das 08h às 17h – Segunda a sexta

VAGAS LIMITADAS

 Dias 20, 21 e 22 de Julho

Estrada Sebastião Motta Santos, 2551 Bairro do Souza – Monteiro Lobato – SP

Investimento

Inscrição até dia 10 de julho

R$ 530,00 – inclui hospedagem em quarto coletivo e pensão completa nos 3 dias de atividades.

R$ 490,00 – inclui pensão completa nos 3 dias de atividades.

R$ 165,00 – participação na sexta com pensão completa

R$ 265,00 – participação no sábado com pensão completa

R$ 115,00 –  participação no domingo com pensão completa

Inscrição a partir do dia 11 de julho

R$ 545,00 – inclui hospedagem em quarto coletivo e pensão completa nos 3 dias de atividades.

R$ 505,00 – inclui pensão completa nos 3 dias de atividades.

R$ 180,00 – participação na sexta com pensão completa

R$ 280,00 – participação no sábado com pensão completa

R$ 130,00 –  participação no domingo com pensão completa

Desconto de 10% para grupos acima de 7 pessoas

Formas de pagamento: Parcelamento através do Pag Seguro ou via depósito bancário (50% para confirmação da participação e 50% no ato de chegada no Seminário)

13h às 13h30  – Credenciamento e café de boas vindas

13h30 às 15h30 – COMO TRATAR O TEMA DA CORRUPÇÃO NA ESCOLA  – Mara Novello e Nilton Almeida

15h45 às 17h – ESCOLA PANDAVAS PELA VISÃO DE SEUS ESTUDANTES – Alunos e ex-alunos

17h15 às 19h30 – Descanso e Jantar

19h30 às 21h30 – Cinema e debate com a exibição do documentário “Nunca me Sonharam”

07h às 07h45 – Café da manhã

08h às 08h30- Atividade Integradora com Carol Coelho

08h30 às 10h30 – A PONTUAÇÃO COMO RECURSO COESIVO –Helena Weisz

10h35 às 10h45 – Pausa e café

10h45 às 12h45 – O BRINCAR E SUAS INTERAÇÕES – Aline Silva Alves

12h50 às 13h50 – Almoço

14h às 17h30 – APRENDIZAGEM SINTRÓPICA  – Diana Novello Gerbelli, Edevaldo de Oliveira e Primo Alex Gerbelli                                                                                                                                        17h15 às 19h30 – Descanso e Jantar

19h30 às 21h – Cinema e debate com a exibição do documentário “Linha na Pipa”

07h às 08 – Café da manhã

08h às 08h30 – Dança Circular

8h30 às 11h30 –  O QUE MUDA COM A BNCC ?  – Sueli Furlan e Neide Marisa Nogueira

11h45 às 13:00 – Almoço

13:00 às 14:00 – Avaliação, entrega de certificados e encerramento com dança circular

TODA A RENDA SERÁ REVERTIDA EM PROL DA MANUTENÇÃO DA CASA DOS PANDAVAS